O treino desta sexta-feira no Engenhão reservou duas surpresas desagradáveis para o técnico Oswaldo de Oliveira. O atacante Loco Abreu reclamou de dores musculares e passou a ser dúvida para o jogo de domingo, contra o Coritiba, na capital paranaense.

Na mesma atividade, o zagueiro Fábio Ferreira sentiu um incômodo na coxa esquerda e também ficou com sua escalação ameaçada. O técnico já tem um problema na zaga, com Antônio Carlos, que já estava vetado para a partida.

Oswaldo lamentou os problemas e não quis antecipar a escalação da equipe. “Esperava ter realmente a equipe quase completa, como vínhamos atuando. Desta vez, pesou bastante, justamente na parte onde tínhamos maior equilíbrio e repetição de jogadores, estamos tendo essas baixas. Leva tempo para cicatrizar”, afirmou, se referindo às lesões.

O treinador, porém, aposta na força do elenco botafoguense. “Há a oportunidade de afirmação dos que entram e vêm se comportando bem. Fica uma sensação de expectativa para que as coisas sigam acontecendo bem. É uma motivação para todos os outros”, declarou.

Desta forma, Renan vai entrar no gol e Brinner, na zaga, enquanto Jadson e Vitor Júnior vão formar o meio-campo. No ataque, Herrera será titular, mas Oswaldo quer deixar Loco Abreu pelo menos no banco de reservas.

A única dúvida é a escalação de Fábio Ferreira, com incômodo na coxa esquerda. Se for vetado, Dória entrará na defesa. “Vai continuar a dúvida. Fábio se apresentou bem melhor, já fez movimentação sem sentir dor, minha expectativa é que possa treinar neste sábado. Em treinando e tudo indo bem, vai para o jogo”, afirmou o treinador.