O Liverpool anunciou nesta segunda-feira, último dia da janela de transferências do inverno europeu, a venda do atacante Fernando Torres, campeão da Copa do Mundo de 2010 pela seleção espanhola, ao Chelsea. Os clubes ingleses não revelaram os detalhes financeiros da transação.

“Liverpool FC confirmou nesta noite que chegou a um acordo financeiro com o Chelsea para a venda de Fernando Torres. O jogador tem agora permissão para falar com o clube de Londres”, publicou o Liverpool, no seu site oficial, confirmando a venda do atacante espanhol.

A imprensa britânica afirma que o Chelsea pagará 50 milhões libras (aproximadamente R$ 133 milhões) ao Liverpool pela liberação de Torres. Se o valor for realmente este, a transação será a maior da história do futebol inglês, superando a contratação do atacante argentino Carlitos Tevez pelo Manchester City em 2009 junto ao rival Manchester United por 47 milhões de libras.

Torres defendeu por três anos o Liverpool, que o havia contratado do Atlético de Madrid por 26 milhões de libras. Com a saída do espanhol sendo dada como certa nos últimos dias, o clube se reforçou nesta janela de transferências com os atacantes Andy Carroll, do Newcastle, e o uruguaio Luiz Suárez, do Ajax.