enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Lisicki surpreende e elimina Serena em Wimbledon

Em uma edição de Wimbledon que já está marcada pela queda precoce de alguns dos candidatos ao título, a principal favorita a ser campeã da chave feminina do Grand Slam londrino, disputado em quadras de grama, também ficou pelo caminho. Nesta segunda-feira, a norte-americana Serena Williams acabou sendo eliminada nas oitavas de final ao perder para a alemã Sabine Lisicki por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 1/6 e 6/4, em 2 horas e 4 minutos.

Esta foi apenas a quarta derrota de Serena neste ano, que vinha embalada por 34 vitórias consecutivas e cinco títulos, incluindo a conquista de Roland Garros. E a sua última queda havia sido por WO, na segunda rodada do Torneio de Dubai, quando ela não entrou em quadra para enfrentar a francesa Marion Bartoli.

Mas o excelente momento da norte-americana parou nesta segunda em Lisicki, apenas a número 24 do mundo, que acabou com o sonho da líder do ranking da WTA de conquistar em 2013 o seu sexto título em Wimbledon. Antes de Serena, a russa Maria Sharapova e a bielo-russa Victoria Azarenka, contundida, foram outras favoritas eliminadas na chave feminina em Londres.

Semifinalista de Wimbledon em 2011, Lisicki começou bem a partida desta segunda. A alemã salvou quatro break points no primeiro set e conseguiu quebras de serviço no sexto e oitavo games para fechar a parcial em 6/2.

Serena, porém, reagiu no segundo set. A norte-americana não teve o seu saque ameaçado e converteu break points no terceiro, quinto e sétimo games, empatando a partida em 1 set a 1 ao vencer a parcial por 6/1.

No terceiro set, as duas tenistas oscilaram bastante. Serena chegou a abrir 3/0, com uma quebra de serviço no segundo game, mas permitiu a reação de Lisicki. A alemã conseguiu quebras no quinto e sétimo games e perdeu o seu saque no sexto.

No nono game, Lisicki quebrou mais uma vez o serviço de Serena e em seguida sacou para fechar o jogo. A número 1 do mundo ainda conseguiu salvar dois match points, mas não resistiu e acabou sendo derrotada pela alemã, que se garantiu nas quartas de final de Wimbledon com uma vitória histórica.

A próxima adversária de Lisicki será a estoniana Kaia Kanepi. A número 46 do mundo avançou em Wimbledon e frustrou a torcida local ao derrotar a britânica Laura Robson, 39ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (8/6) e 7/5.

OUTROS JOGOS – Também nesta segunda, a chinesa Na Li se garantiu nas quarta de final de Wimbledon ao vencer a italiana Roberta Vinci, número 11 do mundo, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/0, em apenas 55 minutos. Mais agressiva, a chinesa terminou a partida com 26 winners e 10 erros não-forçados contra oito bolas vencedoras e quatro equívocos da oponente.

Assim, a sexta colocada no ranking da WTA igualou as suas melhores campanhas em Londres, em 2006 e 2010, e tentará superá-las diante da vencedora das partidas entre a polonesa Agnieszka Radwanska e a búlgara Tsvetana Pironkova.

A checa Petra Kvitova também confirmou o seu favoritismo e se garantiu nas quartas de final de Wimbledon, torneio que foi campeão em 2011, ao vencer a espanhola Carla Suárez Navarro, número 18 do mundo, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/3, em 1 hora e 24 minutos.

O duelo desta segunda foi extremamente equilibrado, com uma quebra de serviço para cada tenista no primeiro set, que acabou sendo vencido por Kvitova no tie-break. A checa também se deu melhor na segunda parcial, quando salvou três break points e converteu o único que obteve para avançar em Wimbledon.

Nas quartas de final, Kvitova vai encarar a belga Kirsten Flipkens, número 20 do mundo, que venceu a italiana Flavia Pennetta, 166ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/2) e 6/3, em 1 hora e 29 minutos. A belga lidera o confronto direto com a checa por 2 a 1.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas