O brasileiro Gabriel Medina já conhece o seu adversário na terceira fase do Billabong Pipe Masters, na praia de Pipeline, no Havaí. Ele vai encarar neste sábado o havaiano Dusty Payne, que passou na bateria contra Jordy Smith. O surfista local lidera a Tríplice Coroa Havaiana, pois obteve bons resultados em Haleiwa e Sunset Beach.

“Estou abençoado na Tríplice Coroa, acho que vou pegar o Gabriel na próxima fase e será divertido”, afirmou o surfista, que conhece bem as ondas de Pipeline. “Está muito duro lá, as ondas estão assustadoras. Está dando medo. Espero que Jordy esteja bem, desejo sorte para ele”, continuou o atleta, sobre seu adversário na repescagem.

Dusty Payne teve uma bateria bastante equilibrada contra o sul-africano Jordy Smith, que começou na frente, mas se machucou no ombro e saiu do mar, deixando o havaiano sozinho para tentar a virada. E apenas na penúltima onda Paine conseguiu os exatos 3,03 pontos para a virada.

Segundo a ASP (Associação dos Surfistas Profissionais), a contusão de Jordy Smith preocupa. “Foi algo bem sério, ele vai fazer radiografias e exames de ressonância magnética para saber o que aconteceu. Ele bateu forte com os ombros na bancada de pedra ao tentar proteger a cabeça”, explicou Kieren Perrow, comissário da prova.