enkontra.com
Fechar busca

De Letra

esportes

Levir Culpi lamenta incêndio no CT do Flamengo e faz cobrança às autoridades

  • Por Estadão Conteúdo

O técnico do Atlético-MG, Levir Culpi, foi mais um a lamentar o incêndio no centro de treinamento do Flamengo, o Ninho do Urubu, em Vargem Grande, na zona oeste do Rio de Janeiro, na madrugada desta sexta-feira, que matou 10 pessoas e deixou três feridos, e se solidarizar com as famílias das vítimas.

“Não é um bom dia porque acordamos com uma notícia péssima. A gente gostaria de transmitir para o pessoal do Flamengo os nossos sentimentos. Que as famílias e atletas sejam confortados. Mais uma tragédia”, disse o treinador, que também fez um alerta às autoridades e protestou contra o que a falta de medidas para evitar tragédias como a do CT do Ninho do Urubu.

“Aqui também vai um protesto. Você vai ver durante a semana que vai começar a haver uma revisão dos centros de treinamentos dos times. A tragédia primeiro, depois as providências. Nós ficamos com o sentimento muito ruim. É um momento muito chato de falar. Que as famílias sejam amparadas”, afirmou.

O alerta de Levir Culpi é referente à ausência de laudo no CT do Flamengo. Segundos o Corpo de Bombeiros, o local não tinha o Certificado de Aprovação (CA), documento que atesta que a instalação está de acordo com a legislação vigente no que diz respeito a dispositivos contra incêndio.

“Os órgãos públicos fazem vistorias e o Atlético-MG está sendo vistoriado. O CT do Atlético é exemplar e todos não estão isentos de problemas. Eu tenho certeza que muitos atletas estão instalados em situações perigosas e tenho certeza que esse problema vai alertar”, comentou.

Por meio das redes sociais, o Atlético-MG também manifestou a sua solidariedade com os envolvidos na tragédia. “O Atlético-MG lamenta profundamente o incêndio ocorrido na manhã desta sexta, no CT do Flamengo. Manifestamos nosso pesar e a nossa solidariedade ao clube, atletas, familiares e amigos”, escreveu o clube em sua conta no Twitter.

Antes do treino desta sexta-feira, os jogadores fizeram uma oração em homenagem às vítimas do incêndio. A delegação atleticana seguiu nesta sexta-feira para Campinas, no interior de São Paulo, de onde pegou um ônibus até Poços de Caldas (MG), onde o time enfrenta a Caldense, neste sábado, às 16h30, pela abertura da sexta rodada do Campeonato Mineiro.

Os jogadores que permanecerão em Belo Horizonte se preparando para o jogo em casa contra o Danubio, do Uruguai, pela segunda fase preliminar da Copa Libertadores, treinarão durante o final de semana, no sábado e no domingo. A partida será na terça-feira, às 19h15, no estádio Independência.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas