Mesmo classificada à fase final da Liga Mundial de vôlei, o levantador Ricardinho exige concentração diante da Finlândia, nos jogos desta sexta-feira e sábado, às 12h30 (horário de Brasília), no LsnsiAuto Areena. "Devemos entrar na quadra contra a Finlândia com muito respeito e seriedade. Eu cobrarei isso dos meus companheiros?.

Para ele, o rival joga no estilo europeu, e por isso tem muito o que aprender. O capitão reforça que a seleção tem detalhes a serem melhorados. "Temos que forçar mais nosso saque e conseguir mais entrosamento.

Ricardinho vibra com a volta do líbero Escadinha, ressaltando ser fundamental. "Ele é o comandante do nosso setor defensivo e um dos jogadores que mais incentiva a equipe.