Lionel Messi recebeu nesta quarta-feira, durante cerimônia realizada em Barcelona, o prêmio Chuteira de Ouro do futebol europeu por ter sido o maior goleador de ligas domésticas da temporada passada no Velho Continente.

O astro do Barça se sagrou campeão espanhol na temporada 2012/2013, na qual marcou 46 gols, e agora vem amargando mais um período de afastamento dos gramados por causa de mais uma lesão muscular. Um problema na perna esquerda o deixará longe dos gramados por um período total de seis a oito semanas. Com isso, ele só deverá voltar a atuar no início de janeiro.

O atacante argentino também havia recebido a Chuteira de Ouro europeia na temporada 2011/2012, quando marcou um recorde de 50 gols no Campeonato Espanhol. Antes disso, ele também faturou a honraria na temporada 2009/2010, quando balançou as redes 34 vezes e conduziu o Barça rumo ao título nacional.

Atrapalhado por lesões, Messi fez apenas oito gols em 11 jogos disputados nesta edição do Campeonato Espanhol. Ao receber a premiação nesta quarta, o jogador chamou a atenção ao usar um terno florido. Antes disso, em janeiro, ele já havia ousado ao vestir um smoking preto com bolinhas brancas e gravata borboleta durante premiação da Bola de Ouro da Fifa, na qual foi eleito pelo quarto ano consecutivo o melhor jogador do mundo.