Diego Hypólito ficará fora do Troféu Brasil de Ginástica Artística, que será realizado entre sexta-feira e sábado, em Toledo (PR), por causa de uma lesão. Uma das principais esperanças de medalha do Brasil na modalidade nos Jogos Olímpicos de Londres, o atleta não disputará a competição por estar lesionado.

Por meio de sua assessoria, Hypólito revelou nesta quarta-feira que foi orientado pela comissão medida do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) a não exigir esforço do seu pé esquerdo, afetado por uma lesão muscular.

“Estive no médico no início da semana e já fui liberado para realizar exercícios leves, mas a orientação ainda é para poupar meu pé”, afirmou Hypólito, que por causa da lesão também não disputará a primeira etapa de 2012 do Circuito Brasileiro de Ginástica Artística e Rítmica, no próximo domingo, outra competição marcada para acontecer na cidade paranaense de Toledo.

“São dois importantes eventos do nosso calendário. Fora que, em ano de

Olimpíada, toda competição só vem somar aos preparativos que fazemos no ginásio. Minha ideia é estar apto para competir já na etapa da Bélgica da Copa do Mundo”, lamentou o ginasta brasileiro, projetando seu retorno às competições na etapa de Ghent, que será realizada nos dias 9 e 10 de junho.

Hypólito está classificado para a Olimpíada de Londres desde outubro do ano passado, quando conquistou a medalha de bronze na prova do solo durante o Mundial de Tóquio. Porém, neste ano ele vem tendo a sua temporada atrapalhada por lesões. No último dia 16 de março, o atleta foi submetido a uma cirurgia no joelho direito, em São Paulo, em um procedimento que serviu para corrigir uma pequena lesão no menisco e cauterizar a cartilagem.

Para completar, antes de passar pela cirurgia, o ginasta duas vezes campeão mundial no solo ficou três meses se recuperando de uma lesão no ombro esquerdo e só retornou aos treinos em março, pouco antes de saber que teria de operar o joelho.