O jamaicano Asafa Powell, recordista mundial dos 100 metros rasos, sofreu ruptura das fibras do músculo peitoral há duas semanas, e deve ficar afastado até junho. O corredor deve se ausentar das competições em Doha, no Qatar, em Oslo, na Noruega e em Oregon, nos Estados Unidos, retornando somente no Campeonato Jamaicano.

A lesão, que impede o movimento dos braços quando Asafa Powell está correndo, impediu que ele disputasse as provas na Califórnia e na Filadélfia nos últimos dias, mas Powell espera se recuperar totalmente para os Jogos Olímpicos de Pequim. O duelo entre o jamaicano e o norte-americano Tyson Gay, atual campeão mundial, é um dos mais esperados da Olimpíada.

Esta é a segunda lesão de Powell na temporada. No começo do ano, o corredor sofreu uma contusão no joelho esquerdo. Powell detém o recorde mundial dos 100 metros, de 9s74, desde setembro de 2007, conquistado no Grand Prix de Rieti, na Itália.