Titular da seleção dinamarquesa, o goleiro Thomas Sorensen foi cortado nesta terça-feira do grupo que disputará a Eurocopa, a partir da semana que vem, na Polônia e na Ucrânia. Ele sofreu uma contusão durante o amistoso contra o Brasil, no último sábado, em Hamburgo, na Alemanha, que terminou com vitória brasileira por 3 a 1.

Sorensen sofreu uma contusão nas costas logo no começo do amistoso de sábado e precisou ser substituído aos 24 minutos do primeiro tempo por Andersen. Segundo o técnico da seleção dinamarquesa, Morten Olsen, o goleiro “não conseguirá se recuperar a tempo” de disputar a Eurocopa e, por isso, foi cortado do grupo nesta terça-feira.

“Foi uma decisão muito difícil que tive que tomar. É um sério desfalque”, admitiu Morten Olsen, ao anunciar o corte de Sorensen, goleiro que já defendeu a seleção dinamarquesa em 100 jogos e seria titular na Eurocopa. Agora, Andersen deve assumir a posição no time, enquanto Anders Lindegaard passa a ser o reserva imediato.

Para suprir a ausência de Sorensen, Morten Olsen já convocou outro jogador para a posição. O escolhido foi Kasper Schmeichel, filho do lendário ex-goleiro dinamarquês Peter Schmeichel, que brilhou durante a década de 90. O garoto tem 25 anos e joga atualmente no Leicester City, da segunda divisão do Campeonato Inglês.

A Dinamarca caiu no chamado “grupo da morte” na Eurocopa, ao lado de Alemanha, Holanda e Portugal. A estreia dinamarquesa na competição será no dia 9 de junho, contra os holandeses, em Kharkiv, na Ucrânia.