Um artilheiro improvável definiu o confronto entre Cruzeiro e América-MG, neste domingo, no Mineirão, a favor dos cruzeirenses, que entraram em campo repleto de reservas. O zagueiro Léo, em dia inspirado, marcou duas vezes e garantiu o triunfo por 2 a 0, pela quarta rodada do Campeonato Mineiro, resultado que manteve a equipe na liderança da competição.

Com três vitórias, o Cruzeiro segue invicto no Mineiro, com dez pontos. Na quarta-feira, os comandados de Marcelo Oliveira estreiam na Libertadores, diante do Real Garcilaso, na altitude de Huncayo, no Peru. Já o América-MG, décimo colocado no Mineiro, volta a campo pelo estadual domingo que vem, contra o Minas Boca.

Talvez sentindo a falta de entrosamento, o Cruzeiro começou devagar, mas logo tomou conta do jogo e passou a levar perigo com Marlone e Julio Baptista. Até que aos 31 minutos, a equipe abriu o placar. Willian cobrou falta pela esquerda, Léo subiu sozinho e cabeceou firme para marcar.

Apenas três minutos depois, Willian quase ampliou. Ele recebeu passe pela esquerda e de primeira, com estilo, bateu colocado, acertando a trave. Mais seis minutos e o segundo gol sairia. Novamente Willian bateu falta pela esquerda e o destino também foi o mesmo: a cabeça de Léo, que tocou para a rede.

O segundo tempo foi bem mais morno. Marcelo Oliveira aproveitou para testar alguns jogadores, como Eurico e Alisson, e o ritmo diminuiu. Mesmo assim, o Cruzeiro seguia melhor e perdeu bons momentos com Julio Baptista e Élber. Ao América-MG, em péssima fase, restou aceitar a derrota.