Depois de tropeçar em casa na última rodada, quando perdeu para o Operário, o Londrina se recuperou e mostrou que quer continuar na briga pelo título do segundo turno do Paranaense, ao golear o Paranavaí por 4 x 0, dentro do Waldemiro Wágner, ontem. O destaque da partida foi o atacante Neílson, que marcou três gols e agora divide a artilharia do Estadual com Alex, do Coritiba, ambos com 12 gols.

A vitória manteve o Tubarão na vice-liderança do returno, com 22 pontos, apenas um a menos que o líder Atlético. Já o Vermelhinho, mesmo com a goleada, saiu da zona do rebaixamento, uma vez que acabou ficando com saldo melhor (-19 a -21) que o Rio Branco, que levou 6 x 0 do Coritiba, no sábado.

Apesar do começo de jogo equilibrado, aos poucos, o LEC foi impondo seu ritmo e passou a atacar mais, pressionando os donos da casa. Porém, não conseguia finalizar com precisão.

Até que, aos 30, o Londrina conseguiu marcar o primeiro gol. Wendell Borges chutou da entrada da área, mas a bola desviou no marcador e parou nos pés de Neílson, que, dentro da área, dominou, girou o corpo e bateu no canto esquerdo do goleiro, que não teve chances de defesas.

Seis minutos depois, veio o segundo gol do Tubarão. Após cobrança de falta alçada na área, Neílson desviou de cabeça e Dirceu surgiu livre, dentro da pequena área, para chutar para as redes.

Na segunda etapa, a história se repetiu. O LEC era melhor, não dava espaços ao Paranavaí, que praticamente nem entrou em campo, mas fez dois gols em sequência e definiu a vitória. Aos 29, Neílson, dentro da pequena área, só teve o trabalho de mandar para as redes. Quatro minutos depois, Wéverton invadiu a área pela esquerda e chutou. O goleiro do Paranavaí espalmou e Neílson aproveitou o rebote para concluir os 4 x 0.

Em Paranavaí, ainda, o Londrina contou com o apoio de cerca de 500 torcedores. A Viação Garcia, que patrocina o clube, cedeu 20 ônibus para a viagem até o “Fim da Linha”. Com isso, o time visitante acabou se sentindo em casa, mesmo longe do Café.