O técnico do São Paulo, Emerson Leão, festejou a vitória por 1 a 0 sobre o Bahia, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro. Mesmo assim, fez algumas críticas em relação ao primeiro tempo de partida no Estádio do Morumbi. “Acho que o São Paulo iniciou o jogo muito robotizado, fazendo sempre as mesmas coisas”, disse, em referência às poucas chances de gol e as disputas truncadas pela marcação do Bahia.

Em seguida, o treinador destacou que precisou mexer na equipe, pois não estava satisfeito com o desempenho da equipe. “No segundo tempo preferi correr o risco e mudei o time, mas com um objetivo único de vencer”, completou.

Na primeira etapa, o São Paulo preferiu jogar pelo meio, mas era sempre desarmado pela equipe baiana. Segundo Luis Fabiano, autor do gol da vitória, a entrada de Osvaldo no lugar de Rafinha fez com que a equipe mudasse de tática.

“No intervalo nosso time combinou de jogar pelo lado direito, já que o Osvaldo é um jogador rápido e o zagueiro teria dificuldade de acompanhar e fechar espaço. Deu certo. O Fernandinho entrou muito rápido pela esquerda também. Sobrou espaço e facilitou para mim”, disse o jogador.

Luis Fabiano, por sua vez, não teve o rendimento esperado por Leão, embora tenha feito o gol que definiu a vitória por 1 a 0 neste domingo. “Precisávamos da vitória dentro de casa, a nossa primeira. É aquilo que eu sempre digo. Mesmo hoje (domingo) o Luis Fabiano não tendo um bom desempenho, num aspecto geral a bola sobrou e ele fez o gol. Sempre fazemos um gol por jogo e temos de insistir nisso”, disse.

Já o meia Jadson afirmou que o importante no jogo deste domingo era conquistar os primeiros pontos no Campeonato Brasileiro, já que na estreia o time havia perdido para o Botafogo por 4 a 2. “Hoje (domingo) não tivemos um rendimento muito bom, mas o mais importante era ganharmos do Bahia. Dentro de casa não podemos perder pontos. Foi uma vitória importante para o decorrer da competição”, comentou.