O ala-armador brasileiro Leandrinho Barbosa colaborou com 14 pontos na vitória do Phoenix Suns diante do Cleveland Cavaliers por 103 a 92, em partida válida pela temporada regular da NBA. Nos 23 minutos em que esteve em quadra, ele converteu 6 de 14 arremessos e 2 de 6 lances livres, pegou dois rebotes, deu duas assistências e fez uma roubada de bola. O destaque, no entanto, ficou para o armador canadense Steve Nash, que terminou como cestinha da partida com 30 pontos e 10 assistências. Pelo rival, LeBron James, fez 27.

Com o resultado, o técnico do Suns, Mike D’Antoni, conquistou sua vitória de número 200, e se tornou o treinador a atingir esta marca mais rapidamente na história da equipe. O Cavaliers segue sem o ala-pivô brasileiro Anderson Varejão, que não assinou um novo contrato com a equipe norte-americana.

Em Denver, o ala-pivô Nenê fez 12 pontos, mas não conseguiu evitar a derrota do Denver Nuggets para o New Orleans Hornets por 93 a 88. Nos 21 minutos em que atuou, pegou ainda seis rebotes e deu duas assistências, além de uma roubada de bola e um toco.

Já o Boston Celtics passou pelo Toronto Raptors por 98 a 95 na prorrogação. O ala-armador Ray Allen marcou 33 pontos e converteu uma cesta da linha dos três quando faltavam dois décimos de segundo para o apito final. Pelo rival, o armador T.J.Ford encestou 32 pontos, incluindo uma cesta da linha dos três quando faltavam 27 segundos para o fim do tempo regulamentar que forçou o empate em 78 a 78 e levou o jogo ao tempo extra.