O francês Renaud Lavillenie foi o destaque da etapa de Oslo (Noruega) da Diamond League, realizada na tarde desta quinta-feira. Ele venceu o salto com vara com a marca de 4,80m, deixando para trás o canadense Shawnacy Barber, de apenas 22 anos, campeão mundial no ano passado.

Lavillenie é só o terceiro do ranking mundial, mas vem demonstrando regularidade impressionante. Essa é a quarta competição importante na qual ele salta acima de 4,80m – tem 4,83 como melhor marca do ano.

O norte-americano Sam Kendricks lidera o ranking com 5,92m e não competiu em Oslo. Barber é o segundo do mundo, com 5,91m, mas parou em 5,73m na Noruega. Por enquanto, nem Thiago Braz nem Augusto Dutra aparecem no ranking mundial.

BRASILEIRA – Rosângela Santos voltou a decepcionar e terminou a prova de 200m com o tempo de 23s65, em sétimo, ainda assim com seu melhor resultado no ano até aqui. Ainda é pouco para quem fez 22s77 nessa mesma época do ano passado e já está qualificada para a Olimpíada.

A prova foi vencida pela holandesa Dafne Schippers, que colocou 71 centésimos sobre a segunda colocada. O tempo de 21s93 é o segundo melhor da carreira de Schippers, atual campeã mundial e terceira colocada no ranking histórico da prova.

No masculino, a prova de velocidade em Oslo foi nos 100m, mas sem um grande card. O canadense Andre de Grasse venceu com 10s07, seguido pelo norte-americano Mike Rodgers (10s09).