A seleção inglesa não contará com Frank Lampard na disputa da Eurocopa, que será realizada entre os dias 8 de junho e 1º de julho na Polônia e Ucrânia. Nesta quinta-feira, a Associação de Futebol da Inglaterra anunciou que o meia do Chelsea foi cortado pelo técnico Roy Hodgson por ter sofrido uma lesão muscular na coxa durante o treinamento de quarta.

Com o corte de Lampard, o meia Jordan Henderson foi convocado para a Eurocopa. O jogador do Liverpool já havia sido colocado de sobreaviso na quarta-feira, logo após o jogador do Chelsea sofrer a contusão, e ágora precisou ser chamado de última hora para o torneio continental.

Lampard é a segunda baixa por lesão da seleção inglesa nesta semana. Na segunda-feira, o volante Gareth Barry, do Manchester City, precisou ser cortado por Hodgson pela mesma razão. Assim, o treinador lamentou os problemas que afetaram a equipe pouco antes do começo da Eurocopa.

“É um grande golpe para a equipe, especialmente vindo depois da perda de outro jogador experiente como Gareth Barry. O fato de que o médico não podia garantir que Frank poderia participar de partidas da fase de grupos significou que precisamos substituí-lo”, disse Hodgson, que tratou de prestar solidariedade a Lampard.

“Além disso ser um grande golpe para mim e para a equipe, estou desapontado especialmente por Frank. Ele estava em ótima forma e estava ansioso para o torneio. Ele deu uma contribuição enorme para nos classificarmos para a Eurocopa, por isso é cruel que seja forçado a sair antes do torneio por lesão”, completou.

A Inglaterra foi sorteada para o Grupo D da Eurocopa e vai enfrentar França, Suécia e Ucrânia na chave. A partida de estreia será em 11 de junho, na cidade de Donetsk, contra a seleção francesa.