A checa Petra Kvitova e a bielo-russa Victoria Azarenka venceram mais uma na chave de Roma nesta quinta-feira e avançaram às quartas de final do torneio italiano. Kvitova, quarta cabeça de chave, foi quem sofreu menos para buscar a vitória. Cedeu apenas cinco games contra a sérvia Jelena Jankovic, ex-número 1 do mundo, no triunfo por 6/3 e 6/2.

Em busca da vaga na semifinal, Kvitova vai enfrentar a espanhola Carla Suárez Navarro, uma das melhores especialistas no saibro do tênis feminino atual. Em bom momento na carreira, ela avançou ao superar a canadense Eugenie Bouchard por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (2/7), 7/5 e 7/6 (9/7).

A campanha em Roma é essencial para as ambições de Kvitova no ranking. Se chegar ao título, vai assumir a segunda colocação no ranking da WTA. A posição é importante porque definirá as cabeças de chave em Roland Garros. Assim, ela evitaria um eventual confronto com a número 1 Serena Williams antes da grande decisão.

Kvitova não é a única nesta disputa. A russa Maria Sharapova, atual número 3, também almeja a vice-liderança. Para tanto, só precisa chegar à final em Roma, desde que sua rival na decisão não seja a romena Simona Halep, atual detentora da segunda colocação do ranking.

Para seguir nesta briga, Sharapova terá um desafio complicado pela frente nas quartas de final. Ela vai duelar com a bielo-russa Victoria Azarenka, outra ex-número 1 do mundo. Azarenka avançou nesta quinta ao superar a romena Irina-Camelia Begu por 2 a 1, com parciais de 6/4, 5/7 e 6/1.

Ainda nesta quinta, a russa Daria Gavrilova eliminou a suíça Timea Bacsinszky por 6/4 e 7/6 (7/0). Gavrilova será a adversária de Serena Williams nas quartas de final.