A japonesa Kimiko Date Krumm entrou para a história do tênis neste domingo, ao vencer o Torneio de Seul, na Coreia do Sul. Na véspera do seu aniversário de 39 anos, Krumm se tornou a segunda tenista mais velha a ganhar um título na era profissional. A vitória na final ainda valeu a primeira conquista para Krumm desde que voltou às quadras, em abril, após 12 anos de aposentadoria.

Mesmo após tanto tempo afastada do tênis, Krumm não teve grandes dificuldades na final deste domingo. Diante da espanhola Anabel Medina Garrigues, segunda cabeça de chave em Seul, a japonesa precisou de apenas 1h27 para vencer por 2 sets a 0, com um duplo 6/3. Segura, Krumm cedeu apenas duas quebras no jogo e não teve a vitória ameaça em nenhum momento pela número 23 do mundo.

Com o título, Krumm perde apenas para a norte-americana Billie Jean King como vencedora mais velha no circuito da WTA. Em 1983, King ganhou o Torneio de Birmingham com 39 anos, sete meses e 23 dias. Além disso, o título motiva a japonesa a seguir buscando novas conquistas em sua volta, já que chegou a figurar na quarta posição do ranking mundial antes da aposentadoria, em 1995.