Vanderlei Luxemburgo espera receber o centroavante Kléber (que completa 32 anos em agosto) na tarde desta segunda-feira (2), na reapresentação dos jogadores do Santos, no Centro de Treinamento Rei Pelé. Mas o técnico vai ter que aguardar mais de um mês para escalar o seu mais importante reforço para o restante do Campeonato Brasileiro.

O gerente jurídico do Santos, Mário Mello, afirmou que nem vai consultar a CBF sobre a possibilidade de o atacante, cujo contrato com o Necaxa-MEX terminou no sábado, ser liberado antes do dia 3 de agosto.

"Para que a consulta se a legislação é clara? Há duas janelas por ano – de janeiro a março e de 3 de a 31 de agosto. Fora disso, só se o jogador obtiver uma autorização da Justiça do Trabalho para atuar", disse Mello.

No Campeonato Brasileiro do ano passado, o Santos escalou o mexicano De Nigris em quatro jogos fora do prazo e só não foi punido com a perda de 12 pontos porque a CBF assumiu a sua falha ao aceitar a inscrição do jogador antes de 3 de agosto.

O empate do Santos em 0 a 0 com o Grêmio-RS neste sábado na Vila Belmiro deixou o time muito perto do bloco dos candidatos ao rebaixamento e bem longe dos líderes.

A diferença em relação ao Botafogo-RJ, de 10 pontos, subiu para 12. E, na parte inferior da tabela, a equipe só está à frente do Juventude-RS (sete pontos e com um jogo a menos), Flamengo-RJ (seis pontos e dois jogos a menos), Náutico-PE e América-RN.

A situação é preocupante e poderá piorar ainda mais porque o próprio Luxemburgo admite que outros jogadores estão de saída.

Maldonado, de 27 anos, disse, na sua última entrevista à imprensa, que o seu objetivo é se transferir para a Europa. O Santos não vai dificultar porque tem 50% dos direitos federativos do volante e precisa de dinheiro para recompor suas finanças.

Outro jogador que teria proposta de fora é Marcos Aurélio, que, depois de manter a média de quase um gol por jogo no início do Campeonato Paulista e começar bem a Libertadores, caiu de produção e está perdendo o lugar até para garotos recém-promovidos dos juniores.