O presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, desmentiu nesta sexta-feira que Diego Tardelli já seja jogador do clube. Mais cedo, a mãe do atacante, Ivânia, postou no Twitter falando da sua felicidade pelo fim feliz da novela, com o acerto para a folga do filho para a Cidade do Galo.

Kalil foi ao microfone na sala de imprensa do CT atleticano para negar as notícias publicadas pela imprensa mineira na noite passada, que garantiam a chegada de Tardelli. “(A notícia) Caiu ontem (quinta-feira) igual uma bomba em Belo Horizonte, porque existe uma tática de guerrilha de empresário de querer pressionar o presidente do Atlético. Só enxergo desse jeito, porque não tem a menor lógica o que aconteceu.”

De acordo com ele, se Tardelli for mesmo contratado, o anúncio não tardará. “Se o Atlético conseguir, e vai se esforçar muito com parceiros, todos serão devidamente informados. A torcida vai demorar 15 segundos para saber da contratação”, disse ele, antes de reclamar da imprensa: “Pelo amor de Deus, não me liguem para saber se foi contratado”.

TORÓ SAI – Nesta quinta-feira, o Bahia anunciou a contratação do volante Toró, que foi emprestado pelo Atlético ao time baiano até o fim de 2013. Antes dele, a diretoria mineira já havia liberado por empréstimo Rafael Cruz (Steua Bucareste), Patric (Coritiba), Guilherme Santos (Santos), Alê (Avaí) e Renan Oliveira (Goiás).

O goleiro Lee, o lateral Eron e o meia Nikão também voltaram de empréstimo, mas serão aproveitados. Na lista de jogadores que não interessam a Cuca e podem ser cedidos estão ainda os meias Mancini, Giovanni Augusto, Wendel e Jackson.