O vice-presidente e administrador delegado do Milan, Adriano Galliani, comentou hoje que Kaká, que venceu ontem em Paris o prêmio Bola de Ouro 2007 da revista France Football, "é um exemplo dentro e fora de campo".

"Agradou-me aquilo que disse ontem em Paris o diretor da France Football que o reconhecimento é um prêmio às qualidades técnicas, mas também ao fair play fora do campo. Desse modo, Kaká é o perfeito Bola de Ouro", continuou Galliani.

Ainda mais perfeito é para o clube e para os torcedores milaneses visto que agora o craque brasileiro diz claramente que quer permanecer e se tornar capitão do Milan.

Mas ele sempre falou que quando diz que o futuro está nas mãos de Deus é um fato religioso, não um fato esportivo. O futuro ninguém conhece. Ele de qualquer forma falava de Deus, e não do Real Madrid", completou o vice-presidente do Milan.