A Juventus venceu o Cesena por 2 a 0, neste domingo, em Turim, e reassumiu a liderança isolada do Campeonato Italiano. A vitória deixou o time com 29 pontos, dois à frente de Milan e Udinese, que venceram seus jogos desta 14.ª rodada na sexta-feira e no sábado, respectivamente.

Marchisio e Vidal, este de pênalti, marcaram os gols da Juventus, já na parte final do segundo tempo do confronto. Com a derrota, o Cesena ficou na penúltima posição do Italiano, com apenas nove pontos, um à frente do Lecce, o lanterna.

A Juventus, porém, não teve só motivos para comemorar neste domingo, pois perdeu o seu capitão, Alessandro del Piero, aos 17 minutos do segundo tempo. O meio-campista, de 37 anos, acabou tomando um chute no rosto do defensor Marco Rossi. Atingido na região do olho esquerdo e ensanguentado, ele recebeu atendimento médico, mas precisou deixar o jogo de maca.

Outro destaque deste domingo na Itália foi a Fiorentina, que bateu a Roma por 3 a 0, em casa, no mesmo dia em que o clube de Florença declarou luto pela morte de Sócrates, ex-jogador do time italiano. O brasileiro, que morreu neste domingo, em São Paulo, após sofrer uma hemorragia intestinal, foi lembrado com carinho pela equipe, embora sua passagem por lá tenha sido rápida e discreta.

“Ao inesquecível ‘dottore’ (doutor, apelido do ex-jogador), que com a camisa viola jogou na temporada 1984/1985, atuando em 25 partidas e marcando seis gols e que será sempre lembrado por sua inteligência futebolística, vai a afetuosa lembrança do clube, time e torcedores da Fiorentina”, afirmou a nota oficial.

Com a vitória deste domingo, a Fiorentina assumiu a décima posição da tabela, com 16 pontos, enquanto a Roma ficou em oitavo lugar, com 17. Em campo, o time contou com a expulsão de três jogadores da Roma, entre eles o zagueiro brasileiro Juan, para encaminhar o seu triunfo com mais tranquilidade. Jovetic abriu o placar aos 17 minutos, logo depois de Juan ser expulso por causa da falta que cometeu na penalidade.

Aos 44 minutos do primeiro tempo, Gamberini ampliou para 2 a 0, antes de Olivera decretar o 3 a 0 aos 41 da etapa final. Poucos antes, Gago e Krkic foram expulsos em um intervalo de apenas oito minutos e deixaram a Roma com três homens a menos em campo.

Em outros três confrontos já encerrados neste domingo pelo Italiano, a Cagliari venceu o Catânia por 1 a 0, o Bologna derrotou o Siena pelo mesmo placar e Chievo e Atalanta ficaram no 0 a 0. O dia ainda contará com o duelo entre Parma e Palermo.