São Paulo – Em Itu, a cidade onde tudo é grande, o Palmeiras espera sua maior contratação do ano: o pequenino Juninho Paulista, de 1,67 metro. O pentacampeão acertou ontem sua rescisão com o Celtic, da Escócia, e é aguardado na terça para exames médicos no Palestra Itália. O Santos também mostra interesse, mas Juninho e Palmeiras têm acordo verbal e devem firmar contrato após os testes físicos.

O Palmeiras viveu de altos e baixos neste Campeonato Paulista, com boas seqüências de vitórias e derrotas inesperadas. Agora, sem pretensões no torneio, decidiu exilar-se para treinos intensivos pensando no Brasileiro e na Libertadores.

?Não tivemos uma semana inteira de treinos, estávamos jogando a cada três dias. Agora, teremos as próximas duas apenas com jogos aos domingos, então vou aproveitar para treinar mais forte?, disse o técnico Candinho. ?Lá em Itu, tudo é grande, então o jogador pensa grande, pensa em goleada.?

O time viajou ontem e ficará em Itu até o dia 16, deslocando-se para os jogos restantes -como o de amanhã, contra a Ponte Preta, em Campinas.

Candinho recorre também à superstição. ?No ano passado, o Flamengo ficou em Itu e depois ganhou do Palmeiras e escapou do rebaixamento (no Brasileiro). O Palmeiras ficou lá e empatou com o Cerro Porteño, no Paraguai. Agora, a Portuguesa também foi e ganhou do São Paulo (na quinta)?, diz o treinador, prometendo que, após respirar o ar da cidade, o time sairá do 9.º lugar que ocupa no Paulista e brigará pela quarta posição.

Juninho, se confirmado, junta-se ao grupo em Itu, mas só estréia no Brasileiro ou na segunda fase da Libertadores. O meia de 32 anos foi revelado justamente no Ituano – e depois explodiu com o título Mundial Interclubes de 93, com o São Paulo de Telê Santana. Agora, com ele, o Palmeiras pensa em deslanchar e conquistar a Libertadores. E que ninguém fale que é só mais um exagero de Itu.