A Corte Arbitral do Esporte (CAS), instância máxima da justiça desportiva mundial, remarcou nesta terça-feira a data do julgamento do ciclista espanhol Alberto Contador, que acontecerá agora entre os dias 1º e 3 de agosto. Assim, ele poderá competir normalmente na Volta da França, a mais importante e famosa prova do ciclismo mundial, programada para ser disputada entre 2 e 24 de julho.

Grande nome do ciclismo mundial na atualidade, Contador foi flagrado no exame antidoping durante a Volta da França de 2010, quando conquistou o seu terceiro título na competição. Ele alegou inocência, dizendo que a substância proibida clenbuterol teria aparecido em seu organismo por causa do consumo de carne contaminada. E a Federação Espanhola de Ciclismo aceitou a defesa e o absolveu.

Como não concordaram com a decisão da Federação Espanhola, a União Internacional de Ciclismo (UCI), entidade máxima do esporte, e a Agência Mundial Antidoping (Wada) entraram com recurso no CAS para tentar punir Contador. O julgamento do caso estava previamente marcado para acontecer entre os dias 6 e 8 de junho, mas foi adiado na semana passada, sendo que a nova data saiu apenas nesta terça-feira.

Ao adiar o julgamento na semana passada, o CAS disse apenas que precisava dar mais tempo para “todas as partes envolvidas se prepararem” e para “garantir a presença em pessoa de testemunhas e especialistas”. Assim, Contador pôde continuar competindo normalmente – foi campeão do tradicional Giro d’Italia no domingo – e está liberado para buscar mais um título da Volta da França.