O chefe do Comitê Antidoping da França disse nesta segunda-feira que um juiz francês soltou um mandado de prisão internacional do ciclista norte-americano Floyd Landis, por conta da acusação de ter invadido o computador de um laboratório antidoping.

Pierre Bordry disse nesta segunda-feira que o juiz francês Thomas Cassuto decidiu pedir a prisão de Landis depois da descoberta do envolvimento do ciclista na invasão de um computador em setembro de 2006. Bordry disse que os computadores do laboratório de Chatenay-Malabry foram invadidos por hackers, que roubaram dados com o objetivo de deixá-lo desacreditado.

Landis venceu a Volta da França em 2006, mas foi desclassificado e banido por dois anos, quando exame antidoping revelou um nível de testosterona acima do normal.

Na época, o laboratório que analisou a amostra foi exatamente o Chatenay-Malabry.