(Lancepress!) – Os judocas da nova geração brasileira Leonardo Eduardo, Leandro Guilheiro, Luciano Corrêa, Taciana Lima, Fabiane Hukuda e Claudirene Cézar foram aprovados pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) para o programa “Solidariedade Olímpica”. A indicação foi feita pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ), a pedido do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

Com a aprovação, cada judoca receberá no total uma ajuda de manutenção de aproximadamente R$ 5.500 mil até julho de 2003. Além da compensação financeira, a participação no “Solidariedade Olímpica” representa prestígio para os atletas e para o judô brasileiro.

“Aos poucos o judô nacional está recuperando sua credibilidade e se firmando no cenário internacional junto a entidades como o COB e o COI”, disse Paulo Wanderley, presidente da CBJ.

O programa do COI requer que os indicados tenham comprovado potencial para figurar entre os melhores atletas de sua modalidade. Leonardo e Leandro foram campeões mundiais júnior em setembro, na Coréia do Sul. Taciana ficou com o bronze na mesma competição, além de ser campeã brasileira sênior e pan-americana júnior. Fabiane Hukuda foi campeã mundial júnior em 2000.