Em uma briga direta por uma das vagas para a próxima fase, o J. Malucelli fez a lição de casa, derrotou o Londrina por 1×0, ontem, no Ecoestádio Janguito Malucelli, pela décima rodada do Campeonato Paranaense e garantiu sua classificação para o mata-mata. Com o resultado, o Jotinha chegou aos 15 pontos e, por conta do confronto direto entre Prudentópolis e Cianorte, na última rodada, o time está garantido entre os oito primeiros.

Já o Tubarão complicou de vez a sua situação. Sem vencer há quatro partidas, o time está em sétimo lugar, com 13 pontos e pode terminar a rodada em oitavo, se o Atlético vencer o Maringá hoje. Agora, o LEC precisa vencer o Coritiba, domingo, no Estádio do Café, ou torcer contra Cianorte e Operário.

O jogo começou bem disputado, digno de um confronto decisivo. Mas o J. Malucelli soube aproveitar logo a primeira oportunidade que teve, aos dez minutos. A zaga afastou mal a bola e Bruno Batata ajeitou, saiu da marcação e chutou para marcar pela quinta vez e se tornar um dos artilheiros do Estadual.

Depois do gol, o ritmo diminuiu um pouco. Na frente no placar, o Jotinha se postou de forma mais defensiva, chamando o Londrina para o ataque. Os visitantes, por sua vez, não conseguiam criar boas oportunidades.

No segundo tempo, o J. Malucelli se fechou de vez, tanto que praticamente não deu trabalho ao goleiro do Tubarão, que virou um espectador em campo. O Londrina, por sua vez, seguiu desperdiçando as chances que criava. Abusando das bolas alçadas na área, a equipe não teve força para empatar, mesmo com um bom domínio do jogo. Só em escanteios, foram 12 para o LEC, contra apenas dois para o Jota. ‘Foi um jogo muito complicado, mas tivemos oportunidades de marcar e não fizemos. Agora temos que buscar uma vitória sobre o Coritiba a qualquer custo’, lamentou o zagueiro Dirceu, já projetando o duelo com o Coxa.

Veja na galeria de fotos o jogo.