Embora o Flamengo não tenha conseguido eliminar o jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil, o técnico Jorginho ficou satisfeito com a vitória por 2 a 1 sobre o Campinense, obtida na noite da última quarta-feira, na Paraíba, onde a equipe carioca chegou a estar perdendo por 1 a 0.

O treinador valorizou o espírito de luta do Flamengo e lembrou que, embora tenha sido eliminado por antecipação neste Campeonato Carioca, o time acumula uma boa sequência de resultados positivos, um deles obtido contra o Fluminense, finalista da Taça Rio, o segundo turno do torneio estadual.

“Disciplina tática e vontade não faltaram. Foi a quarta vitória consecutiva e o time tem jogado bem. Tenho repetido a escalação que está funcionando e a equipe vem ganhando cara e forma”, afirmou o comandante, que ressaltou a importância de ter conseguido escalar mais uma vez a mesma formação titular.

“Os jogadores estão se organizando e respondendo ao que eu espero com personalidade, vontade e sangue nos olhos. Tenho repetido o time, o que é difícil. Mas, este é o ideal: sempre repetir”, enfatizou Jorginho.

Já o meia Renato Abreu, autor dos dois gols de falta que asseguraram a virada do Flamengo sobre o Campinense, festejou por ter conseguido ser decisivo. “A primeira batida foi caprichada, e a segunda bati mais no chão para que a bola quicasse e ficasse mais veloz”, lembrou o jogador, que também minimizou o fato de a equipe não eliminar a partida de volta da segunda fase da Copa do Brasil, o que ocorreria se vencesse por dois gols de diferença. “O que importa é a vitória. Fico feliz com os dois gols, mas o mais importante para mim é que saímos vencedores”, completou.