Atrasos no transporte, problemas na alimentação, falta de água quente para banho, sem serviço de internet. Esses são alguns dos problemas enfrentados pelas primeiras delegações de atletas militares que chegaram na Vila Verde, a maior das três vilas preparadas pelas Forças Armadas para os Jogos Mundiais Militares.

A competição é considerada o maior teste para os eventos esportivos que o Rio espera receber até 2016. Mesmo diante dos percalços, a maioria dos atletas aprova as instalações.

O Comitê Organizador dos 5.´ Jogos Mundiais Militares Rio 2011 afirma que a abertura das vilas de atletas estava prevista para o dia 12 de julho, porém um grande número de atletas chegou antes do previsto.

Os atletas foram recepcionados nas vilas, mesmo em fase final de prontificação. De acordo com o comitê, obras como as das vilas de atletas necessitam passar por uma revisão final, que estava em andamento.

Os organizadores admitem que incidentes pontuais ocorreram durante a ocupação inicial e afirmam que eles têm sido sanados pelas equipes de plantão das construtoras.