O elenco do Palmeiras foi dividido nesta segunda-feira. Os jogadores que serão aproveitados pelo técnico Gilson Kleina iniciam um regime de concentração visando a temporada, enquanto os atletas considerados dispensados, mas ainda com contrato, passarão a treinar em horários diferentes e seguem esperando para que algum clube apareça interessado.

No total são cinco jogadores, sendo dois deles que fizeram parte da campanha do rebaixamento no Campeonato Brasileiro no ano passado: o zagueiro Leandro Amaro e o atacante Patrik. Completam a lista os laterais Vitor e Fabinho Capixaba e o atacante Tadeu. O técnico Gilson Kleina já comunicou que não pretende contar com esses atletas, e, por isso, eles estão livres para negociar com outros clubes.

Os goleiros Carlos e Pegorari, que também estavam no grupo no ano passado, voltaram para o Palmeiras B, mas também podem ser emprestados para outros times. Outros seis jogadores que também não seriam aproveitados pelo treinador conseguiram um novo clube.

O goleiro Deola, que voltaria de empréstimo do Vitória, acertou a prorrogação do vínculo com o time baiano. O zagueiro Wellington foi para o Atlético Sorocaba, o lateral-esquerdo Gerley, após ser dispensado pelo Bahia e retornar ao Palmeiras, acertou seu empréstimo ao Ceará. O volante Tinga vai tentar se reerguer no Figueirense, enquanto o atacante Daniel Lovinho foi para o Linense e o lateral-direito Luis Felipe acerta os últimos detalhes para ser anunciado pelo Penapolense.

Até o momento, o Palmeiras anunciou a contratação de dois reforços: o goleiro Fernando Prass, do Vasco, e o lateral-direito Ayrton, do Coritiba. Além disso, os volantes Wendel e Souza retornaram de empréstimo e serão aproveitados por Kleina.