A seleção brasileira feminina de vôlei vai contar com um reforço de peso para a segunda rodada do Grand Prix, no próximo fim de semana, em São Paulo. Afinal, o técnico José Roberto Guimarães confirmou o retorno da ponteira Jaqueline, que recuperava a forma física durante a primeira rodada, na Tailândia, depois de chegar a ser internada com quadro de pneumonia. De São Paulo, a jogadora segue direto para Toronto, onde vai buscar o ouro dos Jogos Pan-Americanos.

“O Pan e o Grand Prix vão acontecer na mesma época e o Zé Roberto está mesclando jogadoras experientes com outras mais novas. São duas competições importantes e vamos buscar o título em ambas. O cenário internacional está cada vez mais difícil e o Brasil é sempre a equipe a ser batida”, comenta Jaqueline.

Até agora, o técnico José Roberto Guimarães só confirmou a convocação de três atletas: Jaqueline as levantadoras Ana Tiemi e Macris. Há uma semana, Fer Garay publicou em uma rede social a lista de convocadas, que não foi confirmada pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV).

A lista publicada por Garay, além de Jaque, Ana Tiemi e Macris, tinha também as centrais Adenízia, Bárbara e Angélica, a ponteira Michelle, as opostos Rosamaria e Joycinha, além da líbero Leia.

Zé Roberto trabalha com 31 atletas e vai dividir o grupo em dois. Metade do elenco vai disputar a terceira rodada do Grand Prix, metade vai a Toronto. Em São Paulo, para jogar contra Bélgica (sexta), Tailândia (sábado) e Alemanha (domingo), o treinador vai contar com 18 atletas.

Estão treinando na capital paulista: as levantadoras Dani Lins, Ana Tiemi e Macris, as opostos Monique e Joycinha, as ponteiras Jaqueline, Fernanda Garay, Gabi, Natália, Suelle e Mari Paraíba, as centrais Adenízia, Juciely, Carol e Bárbara e as líberos Camila Brait, Sassá e Léia.