Foto: Arquivo
Alemão, meia do Jotinha, é um dos fatores da boa marcação e qualidade no toque de bola da equipe.

A forte chuva que caiu na tarde de sexta-feira em São José dos Pinhais atrapalhou o treinamento preparado pelo técnico Ricardo Pinto para a sua equipe.

O J. Malucelli fez uma rápida movimentação no gramado do Estádio Municipal do Pinhão, local do jogo, mas nenhuma mudança foi sinalizada pelo treinador. Ontem pela manhã, o Jotinha fez mais um treinamento tático no qual Ricardo Pinto decidiria a equipe que enfrenta o Iguaçu, hoje, às 16h. Chimba e André Nunes são dúvidas.

Os dois reclamam de dores musculares e somente após avaliação médica, marcada para após o treino tático, deverão ser liberados para o jogo.

O Caçula está em 9.º lugar na tabela e em quatro jogos disputados conseguiu uma vitória, dois empates e uma derrota. Para o treinador, a intenção é somar pontos, pois eles poderão fazer falta na somatória final.

Embalado pela vitória (2 a 0) em casa contra o Roma Apucarana, o Iguaçu vem para São José dos Pinhais pensando em conseguir mais um bom resultado. O técnico Orlando Bianchini comandou ontem um treino onde quase definiu a equipe. Ele tem uma dúvida. João Bahia e Joni brigam pela posição do meio-campista Igor, que recebeu o terceiro cartão amarelo e cumprirá suspensão automática. O restante da equipe é a mesma que disputou a última partida.

O Iguaçu aposta em nova vitória, mas o empate é considerado um bom resultado. Bianchini tem visto evolução na equipe e espera uma bela apresentação. O time de União da Vitória deve chegar na manhã de hoje à São José dos Pinhais para enfrentar o J. Malucelli.

J. Malucelli prepara a ?casa nova?

Carlos Simon

Foto: Valquir Aureliano/O Estado
As arquibancadas de grama ?moldada? são o charme do Janguitão.

O J. Malucelli prepara-se para mudar de ares. No final de fevereiro, o clube abandona São José dos Pinhais e passa a mandar seus jogos no CT do Barigüi, no bairro Mossunguê, às margens da BR-277. O novo estádio, em fase de conclusão, terá capacidade para 6 mil pessoas e um novo conceito.

A praça será batizada de ?Janguito Malucelli?, pai do presidente do clube, Juarez Malucelli, e do presidente de honra, Joel, que prefere chamá-la de ?Janguitão?. Segundo Joel, o projeto do ?estádio ecológico? priorizou a redução do impacto ambiental. As arquibancadas são feitas de grama, com degraus moldados sobre o barranco já existente ao redor do campo – serão colocados apenas assentos para os torcedores. Nas escadarias, foram reaproveitados dormentes de estradas de ferro, e toda a madeira utilizada é proveniente de reflorestamento de eucalipto.

Joel, que ergue o estádio através da própria construtora, prevê que o Janguitão seja inaugurado em 28 de fevereiro – ou seja, apenas para a segunda fase do estadual. Camarotes, cabines de imprensa e bancos dos reservas já estão prontos. Faltam só detalhes de acabamento, banheiros e bares. ?Primeiro queremos testar os acessos e saídas em jogos de menor importância. Depois avaliaremos se é viável para partidas de maior apelo?, falou Joel, que já obteve autorização da Prefeitura para utilização do estacionamento do Parque Barigüi em dias de jogos. O J. Malucelli pretende ainda transformar o Janguitão em espaço multiuso, como palco de shows e outros eventos.

Com a nova casa, o estádio do Xingu, em São José dos Pinhais, que o Jotinha tem utilizado há quase uma década, vai figurar como segunda opção – a bem da verdade, o clube jamais conseguiu cativar a torcida da cidade. O novo público-alvo tem vínculo direto com as empresas do proprietário. ?Nosso grupo tem mais de 4 mil funcionários. Queremos motivá-los para que prestigiem o time?, disse o presidente de honra.

Jogo

J. Malucelli e Iguaçu conseguiram quarta-feira suas primeiras vitórias no campeonato paranaense. Por isso, os dois times iniciam menos tensos a partida que começa às 16h, no estádio do Pinhão, em São José dos Pinhais.

Paranaense – 5.ª rodada

J. Malucelli x Iguaçu

J. Malucelli

Luís Gustavo, Cassiano, Gustavo, Elton e Fabinho; Everton Cesar, Refferson, Alemão e Chimba (Marquinhos); Diogo e Jeferson. Técnico: Ricardo Pinto.

Iguaçu

Colombo, Wiliam, Diro e Carlão; Elivelton, Abimael, Cidao, João Bahia (Joli) e Gevanildo, Rodrigão (Tom) e Jacozinho. Técnico: Orlando Bianchini.

Local: Estádio do Pinhão (Xingu), em São José dos Pinhais

Hora: 16h.

Árbitro: Ito Dari Rannov.

Assistente: Adriana Franzmann e Willian Bigaski Stolle.

Serviço:

Abertura dos portões, 14h. Ingressos a R$ 10 para homens e R$ 5 para mulheres, estudantes com carteirinha e crianças de 6 a 12 anos. Menores de 6 e acima de 65 anos entrada gratuita.