Como é usual acontecer nas partidas em que está em quadra, o norte-americano John Isner levou a torcida local ao delírio nesta sexta-feira ao avançar às semifinais do Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos. Em dois tie-breaks, o tenista da casa derrotou o letão Ernests Gulbis com as parciais de 7/6 (7/4) e 7/6 (7/3), em 1 hora e 49 minutos.

Cabeça de chave número 12 da competição na Califórnia, Johan Isner terá outra parada dura pela frente nas semifinais. Neste sábado, enfrentará ninguém menos que o sérvio Novak Djokovic, atual número 2 do ranking mundial da ATP, que mais cedo havia ganhado facilmente do francês Julien Benneteau.

A outra semifinal em Indian Wells foi definida na última quinta. O suíço Roger Federer, hoje na oitava colocação do ranking, jogará contra o ucraniano Alexandr Dolgopolov, que está embalado por ter eliminado o espanhol Rafael Nadal, o líder do ranking, na terceira rodada.