A russa Yelena Isinbayeva se recuperou em grande estilo do fracasso no Mundial de Berlim, quando não acertou nenhum salto e saiu da Alemanha sem medalha, protagonizando a maior surpresa da competição. Nesta sexta-feira, ela bateu o recorde mundial do salto com vara durante a etapa de Zurique da Golden League ao alcançar 5,06 metros, na 27.ª vez em que quebrou a marca.

Com o novo recorde e a vitória em Zurique, Isinbayeva confirmou a promessa de adotar uma nova postura depois do revés em Berlim, quando achou que falhou por excesso de confiança. A marca anterior, de 5,05 metros, havia sido registrada nos Jogos Olímpicos de Pequim, quando conquistou a medalha de ouro.

A vitória de Isinbayeva também encerra as especulações de que ela estava caindo de rendimento nesta temporada, depois de duas derrotas no ano, sendo uma delas a do Mundial. Além disso, teve um sabor especial, já que superou as três medalhistas em Berlim, entre elas a polonesa Anna Rogowska, campeã mundial, com apenas 4,75 metros.