Os jogadores do Palmeiras saíram de campo irritados com a atuação do árbitro Marcelo de Lima Henrique, neste domingo, após a derrota para o Grêmio por 1 a 0, no Olímpico. Os palmeirenses criticaram o juiz por não ter marcado um pênalti sobre o zagueiro Henrique no último lance do jogo. A falta teria sido cometida por Gilberto Silva.

“Foi pênalti, mas ninguém marca pênalti para a gente. Só se for absurdo. Eu já sabia. Não adianta. Só o juiz não viu que o cara acertou minha perna e não a bola. Só ele. A gente tem que ficar quieto e aguentar isso”, declarou Henrique, ao fim da partida.

Irritado, o lateral-direito Cicinho reforçou as críticas ao árbitro. “Não foi pênalti em cima do Henrique?”, questionou o defensor, diante dos repórteres. “Não foi? Pelo amor de Deus”, reclamou.

Diplomático, Valdivia evitou comentar o lance polêmico e preferiu admitir as falhas do time. “Falhamos na hora de dar os passes. Agora é ver o que tem que melhorar, porque tem vários dias pela frente”, afirmou.

O Palmeiras só voltará a campo no dia 6 de junho para o confronto com o Sport, na Ilha do Retiro, pela terceira rodada do Brasileirão.