Fernanda Keller é quem tem
os melhores resultados.

Dia 24 de maio, em Florianópolis (SC), acontece o Ironman Brasil Telecom 2003, a única seletiva da América do Sul para o Mundial Ironman, no Havaí, em outubro. Há pouco mais de um mês para a prova, sem dúvida a mais importante do calendário nacional, o recorde do número de inscritos está prestes a ser quebrado: são 626 atletas de 27 países e três continentes já confirmados para este ano, enquanto a disputa de 2002 reuniu 640 triatletas.

Como as inscrições prosseguem até o dia 26 de abril, os organizadores estão na expectativa de conseguir superar a marca, confirmando o fortalecimento do Ironman Brasil Telecom 2003. O evento distribuirá 50 mil dólares de prêmio e 50 vagas para o Havaí. “Isso é a prova da consolidação do evento. Mais do que isso, confirma o crescimento do interesse em todo o mundo de encarar provas mais longas e, em especial, o desafio de um ironman. Tenho certeza de que teremos uma prova bastante disputada em todas as categorias, repetindo o mesmo sucesso das duas edições anteriores realizadas em Florianópolis”, destaca Carlos Galvão, diretor da Latin Sports, organizadora da prova.

Os interessados em participar do grande desafio do Ironman Brasil Telecom 2003 poderão confirmar presença até o dia 26 de abril ou até que o número limite de 800 competidores seja preenchido. A taxa é de US$ 320,00 para os profissionais e US$ 300,00 para amadores. Todas as informações sobre forma de pagamento, (boleto ou cartão de crédito e valor de referência do dólar) podem ser obtidas no site oficial, www.ironmanbrasil.com.br. Os atletas brasileiros têm condições especiais para a participação, com o preço dividido em duas parcelas.

A nova fase da prova, com nova organização e sede, na capital catarinense, foi dominada pelos triatletas estrangeiros. Em 2001, o argentino Eduardo Sturla e a canadense Wendy Ingraham ficaram com o título, enquanto no ano passado o inglês Spencer Smith e a alemã Nicole Leder foram os vencedores.

Pelo Brasil, os melhores resultados foram obtidos por Fernanda Keller, seis vezes medalha de bronze no Havaí, com o vice-campeonato em 2001 e o terceiro lugar na edição 2002.

Vaga de ouro

O Mundial Ironman é a mais tradicional e importante prova de triatlo do planeta. A cada ano, seletivas classificam os melhores atletas para enfrentar o desafio de 3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42,1 km de corrida na Ilha de Kona. O desejo de superar os limites e de participar do maior evento da modalidade são motivos fortes para atrair milhares de atletas Mas há também aqueles que disputam o Mundial Ironman pensando em ajudar outras pessoas e para as quais elas valem ouro, literalmente.

Isso ficou provado no leilão beneficente feito pelo eBay Charity Auction, um dos maiores sites do gênero, que disponibilizou 20 vagas para a disputa, sendo que a oferta mínima era de US$ 10 mil. Entre os dias 27 de março e 6 de abril foram arrecadados US$ 307,4 mil, renda revertida para a Kona Family YMCA. O maior lance por uma vaga individual, por exemplo, foi de US$ 32,7 mil, na categoria 40/49 anos.