A Associação de Futebol do Iraque vai pedir à Fifa para cancelar a punição que impede a realização de partidas internacionais em estádios dos país, disse nesta segunda-feira Abdul-Khaliq Massoud, membro da federação. Dirigentes vão viajar a Zurique para se reunir com membros da Fifa.

Comandada por Zico, a seleção iraquiana luta por uma vaga na Copa do Mundo de 2014. “A delegação vai pedir a aprovação para cancelar a proibição da realização de jogos oficiais em nossos estádios”, disse Massoud. “Esperamos que os dirigentes da Fifa respondam positivamente ao nosso pedido”.

Massoud disse que vai mostrar para a Fifa provas de que o Iraque é seguro e tem condições de sediar jogos internacionais. “Estas provas incluem o sucesso do Iraque na realização da cúpula árabe com segurança e alto nível de logística, além dos jogos sem problemas da liga do Iraque”, disse Massoud.

A Fifa proibiu o Iraque de jogar em casa nos torneios classificatórios para a Olimpíada de 2012 e o Mundial de 2014 após uma queda de energia em um estádio na cidade de Irbil, durante duelo com a Jordânia, em setembro de 2011, válido pelas Eliminatórias Asiáticas para a Copa do Mundo. A partida ficou paralisada por mais de cinco minutos por conta da queda de energia. A Jordânia venceu por 2 a 0.