Além de Toledo x Atlético, outras cinco partidas  abrem hoje a 6.ª rodada da 1.ª fase do Paranaense. O destaque do dia é o Cianorte, que joga em casa, às 20h30, no Albino Turbay, contra o Engenheiro Beltrão, e sonha em se aproximar da liderança da competição – hoje, três pontos separam o Leão do Vale do Ivaí do Furacão.

Após a boa vitória sobre o Iguaçu (3 a 0, com direito a gol de voleio de Lisa), a equipe comandada por Nei César buscará a quarta vitória seguida, que praticamente encaminha a classificação para a 2.ª fase.

Sem problemas no time, o treinador deve repetir a formação de domingo. Do lado da Aereb, a demissão do técnico André Oliveira colocou à mostra a crise do time, comandado hoje pelo interino Richard Malka.

Recuperação em Rolândia

Mais cedo, às 16h30, o Nacional recebe o Iraty no Estádio Erick George. O Azulão é outro time que trocou de técnico – Paulo Campos foi pro Mogi Mirim-SP e será substituído pelo auxiliar Jaime Almeida. O único desfalque é Gílson, lesionado. Os donos da casa tentam a recuperação, e ao mesmo tempo evitar que os problemas internos sejam refletidos em campo.

Jogão em Foz

Às 19h30, no Estádio do ABC, tem Foz do Iguaçu x Londrina. O time da casa vem de derrota para o Coritiba, e o técnico Sérgio Moura pode fazer mudanças para o confronto de hoje. A vitória é fundamental para não deixar os líderes desgarrarem.

No Tubarão, muita empolgação. O triunfo – de virada – sobre o Paraná o recolocou  na luta pelas vagas para a segunda fase, e por isso o técnico Mauro Madureira não mexerá no time. “Gosto da minha equipe assim, jogando com dois atacantes”, disse, comemorando a boa fase da dupla Rodrigo e Ricardo.

Drama em Cascavel

O Estádio Olímpico Regional será palco de um jogo dramático. Às 20h30, o Cascavel recebe o Iguaçu e precisa dos três pontos para iniciar uma arrancada que o tire da zona de rebaixamento (com um ponto, a Cobra ocupa a lanterna do Estadual).

O técnico Rodinei Lucas, que pediu demissão após a derrota para o Atlético, decidiu continuar. Sobrou para o atacante Léo Mineiro, que deve perder seu lugar. Do lado do Iguaçu, o técnico Luciano Gusso usou os treinos em Marechal Cândido Rondon (onde a delegação ficou após a derrota para o Cianorte) para acertar o posicionamento.

Em Paranaguá

Também às 20h30, o Rio Branco encara o J. Malucelli no Fernando Farah. Após a vitória em casa sobre o Engenheiro Beltrão, o Leão da Estradinha quer manter a boa fase, aproveitando o fato de jogar duas vezes seguidas em Paranaguá. Terá apenas uma alteração: Júnior, suspenso, está fora.

De resto, o time que goleou, com os destaques Ratinho e Max. O Jotinha folgou na última rodada, mas vem de derrota para o Atlético (3 a 1). O técnico Leandro Niehues não divulga a escalação .