Em uma partida digna dos melhores embates da história do Gre-Nal, o Internacional derrotou o Grêmio por 1 a 0, neste domingo, no Beira-Rio, em Porto Alegre, pela última rodada do Brasileirão. A vitória no clássico gaúcho, associado à derrota do Coritiba para o Atlético-PR, deu ao Inter a classificação para a Libertadores de 2012.

Com os resultados da rodada, o Inter terminou o Brasileirão em quinto lugar, com 60 pontos, e ficou com a última vaga para a Libertadores. Já o Grêmio, que não tinha mais objetivos no campeonato – o único era impedir a classificação do rival no clássico deste domingo -, ficou com 48 pontos, ocupando a 12ª colocação.

Na despedida do técnico Celso Roth, que já anunciou que deixa o cargo ao final do Brasileirão, o Grêmio mostrou bastante disposição para vencer o Gre-Nal e atrapalhar o rival. Mas o Inter teve o domínio de quase todo o jogo. O gol, porém, demorou para sair, aumentando a aflição da torcida que foi ao Beira-Rio.

O único gol do Gre-Nal saiu aos 16 minutos do segundo tempo. No pênalti de Fábio Rochemback em Oscar, o meia argentino D’Alessandro cobrou no canto esquerdo do goleiro Victor, que se esticou todo e não pegou a bola. Depois disso, o Grêmio pressionou bastante para buscar o empate, mas não conseguiu estragar a festa do rival.

FICHA TÉCNICA:

Inter 1 x 0 Grêmio

Inter – Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Kleber (Fabrício); Guiñazu, Tinga, D’Alessandro (Andrezinho) e Oscar; Gilberto (Zé Roberto) e Leandro Damião. Técnico: Dorival Júnior

 

Grêmio – Victor; Mário Fernandes, Saimon, Vilson e Julio Cesar; Fernando, Fábio Rochemback (Leandro), Douglas, Marquinhos (Miralles) e Escudero (Lúcio); André Lima. Técnico: Celso Roth

Gol – D’Alessandro (pênalti), aos 16 minutos do segundo tempo.

Árbitro – Leandro Vuaden (Fifa/RS).

Cartões amarelos – Leandro Damião, Tinga, Rodrigo Moledo, Vilson, Fábio Rochemback e Saimon.

Renda – R$ 579.080,00.

Público – 35.041 pessoas.

Local – Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.