Os torcedores da Inter de Milão responderam ao chamado do técnico José Mourinho e lotaram o Aeroporto de Malpensa para recepcionar o elenco do time italiano após a classificação para a decisão da Liga dos Campeões da Europa.

Cerca de 5 mil torcedores agitavam bandeiras e cachecóis com as cores da Inter de Milão quando a equipe desembarcou nesta quinta-feira. Apesar da derrota por 1 a 0 para o Barcelona, a equipe italiana avançou para a sua primeira final da Liga dos Campeões nos últimos 38 anos, já que havia vencido o primeiro jogo por 3 a 2.

Em entrevistas após o jogo, Mourinho disse que ele gostaria de ser recepcionado pelos torcedores. “Nós merecemos esta grande multidão, afirmou o zagueiro Ivan Córdoba. É justo que nossos torcedores venham e nos recepcionem como Mourinho pediu”.

A única nota negativa da recepção aos jogadores foram as vaias destinadas ao atacante Mario Balotelli. Polêmico, o jogador de 19 anos piorou a sua relação com os torcedores ao jogar a sua camisa no gramado após a vitória por 3 a 1 sobre o Barcelona.

A Inter de Milão enfrentará o Bayern de Munique na final da Liga dos Campeões no dia 22 de maio e os jogadores tentam conter a euforia dos torcedores. “Nós ainda não ganhamos nada”, disse o lateral-direito brasileiro Maicon.