A diretoria do Independiente veio a público nesta sexta-feira para repudiar atos racistas cometidos por seus torcedores contra rivais do Flamengo no jogo de ida da final da Copa Sul-Americana, na quarta-feira, em Avellaneda, na Argentina.

Torcedores brasileiros reportaram atos racistas por parte dos argentinos ao fim da partida. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra três argentinos proferindo ofensas racistas e imitando macaco em direção a rivais do Flamengo.

O vídeo não passou despercebido pelo Independiente. “O Clube Atlético Independiente quer comunicar que repudia terminantemente qualquer manifestação de racismo e que se compromete a investigar até as últimas consequências para punir aqueles responsáveis por estes atos lamentáveis”, declarou o clube argentino, em comunicado.

“Pedimos desculpas a qualquer pessoa do Flamengo ou de outra instituição que tenha passado por uma situação como essa. Queremos reafirmar o compromisso de acabar com estes comportamentos e pedimos que não tomem como referência estes poucos torcedores. O racismo não tem e nem nunca terá lugar neste clube. Ajudemos uns aos outros para que se respeitem os verdadeiros valores deste belo esporte”, registrou o Independiente.