O Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), abriu os portões pouco antes das 15 horas e a torcida começa a chegar com tranquilidade para o amistoso entre Itália e Fluminense, marcado para as 17h30 deste domingo. Esse é o último confronto de preparação da seleção italiana antes da estreia na Copa do Mundo, no próximo sábado, contra a Inglaterra, em Manaus.

Pela manhã, homens do esquadrão antibombas, acompanhados de integrantes da deleção da seleção italiana, fizeram uma varredura nas imediações e no interior do estádio para garantir a segurança do jogo.

A repintura das arquibancadas do Raulino de Oliveira, que começou em ritmo lento na segunda-feira, não ficou pronta. Apenas o setor localizado atrás do gol à esquerda das cabines de imprensa apresenta pintura nova. Mas isso não deverá atrapalhar o espetáculo, já que todos os 15 mil ingressos colocados à venda foram comercializados. A prefeitura da cidade ainda distribuiu 1,7 mil ingressos para crianças e idosos.

A partida em Volta Redonda mobiliza a imprensa brasileira e internacional. No total, 280 jornalistas estão credenciados para a partida. Desses, aproximadamente 100 são italianos. O número só não é maior em virtude da restrição de espaço.