Um dia antes do penúltimo teste para o Mundial contra Camarões, que ocorre neste domingo em Mönchengladbach, a seleção da Alemanha recebeu a visita de ídolos do passado, campeões nas Copas de 1954, 1074 e 1990, para trazer sorte ao time que viaja para a Copa do Mundo no Brasil. O técnico alemão, Joachim Löw, e todo o elenco alemão foram convidados para a “Festa dos Campeões do Mundo”, em Düsseldorf, onde a seleção está concentrada, e receberam das mãos de Horst Eckel, Franz Beckenbauer e Lothar Matthäus uma camisa oficial da seleção com a assinatura dos cerca de 30 campeões mundiais alemães vivos de 54, 74 e 90.

O encontro com os heróis alemães das Copas aconteceu na noite deste sábado na Alemanha, com a presença de mais de 300 convidados ilustres da Federação Alemã de Futebol (DFB), entre eles a do ministro do Interior alemão, Thomas de Maizière. Na cerimônia, o presidente da DFB, Wolfgang Niersbach, fez um discurso emocionado e pediu uma saudação efusiva para Horst Eckel e Hans Schäfer, os dois únicos campeões mundiais vivos da campanha de 1954, quando a Alemanha surpreendeu o mundo ao bater a Hungria por 3 a 2, na final da Copa em Berna, na Suíça.

Niersbach ressaltou ainda, em seu discurso, que o título mais importante para o país foi o de 1954. Eckel, meio-campo marcador que anulou o húngaro Hidegkuti na final de 54, mandou um recado para Schweinsteiger & Cia. “Eles (os jogadores) devem dar tudo nesta Copa e jogar futebol – e voltarem como campeões do mundo.”

VÍTIMAS DE VOLTA – Os turistas alemães, que ficaram feridos na Itália, na última terça, em uma ação publicitária da Mercedes-Benz, patrocinadora oficial da seleção alemã, já voltaram para a Alemanha e estão em tratamento. Ambos apresentaram melhoras em seu estado de saúde, segundo revelou o coordenador da seleção alemã, Oliver Bierhoff neste sábado.

“Nós mantemos contatos diários com a esposa de um deles e temos boas notícias. Ele (um dos feridos mais gravemente)já melhorou e já foi tranportado para casa. Temos a esperança que tudo corra bem daqui para frente”, completou”, sagte Bierhoff.