Ibrahimovic mostrou, neste sábado, que briga pela Bola da Ouro da Fifa. O sueco foi magistral para comandar a goleada do Paris Saint-Germain sobre o Sochaux, por 5 a 0, em Paris. Fez dois gols e deu três assistências açucaradas, sendo decisivo em todos os gols da equipe na 17.ª rodada do Campeonato Francês

Com o resultado, o PSG se reabilita depois de perder, quarta-feira, para o Evian, por 2 a 0, e ver chegar ao fim uma série invicta que já durava 36 partidas, contabilizando todas as competições. Assim, falhou na tentativa de bater o seu recorde de 37 jogos de invencibilidade, conseguido na temporada de 1993/1994.

Provocado, Ibrahimovic reagiu. Aos 14 minutos, pegou rebote de escanteio no bico esquerdo da área e, mesmo bem marcado por dois jogadores, achou espaço para cruzar no segundo pau para Thiago Silva abrir o placar.

No segundo gol, tabelou com Lavezzi e, novamente com dois marcadores em cima, deu de primeira para Thiago Motta sair na cara do goleiro. O ítalo-brasileiro poderia fazer o gol, mas rolou para Lavezzi fazer.

Para o PSG fazer o terceiro, Ibra deu lançamento logo e encontrou Cavani sozinho na área. O uruguaio dominou bonito a bola e bateu na saída do goleiro. Para não passar em branco, o sueco marcou o quarto, de falta, com uma bomba no contrapé de Cros. Nos acréscimos ainda recebeu de Cavani e marcou o quinto.

Com a vitória, a equipe de Alex, Maxwell, Thiago Silva (que foram titulares neste sábado), Marquinhos e Lucas (entraram no segundo tempo) chegou a 40 pontos e voltou a abrir quatro de folga sobre o Lille, o segundo colocado, que tem um jogo a menos. Na terça, o PSG pega o Benfica, fora de casa, pela Liga dos Campeões. Garantido em primeiro do grupo, deve poupar titulares.