Surpresa da temporada no Campeonato Inglês, o Hull City perdeu a chance de voltar a se aproximar dos líderes da competição, neste sábado, ao ser goleado pelo Sunderland por 4 a 1, em casa, pela 18ª rodada.

O Hull City ocupa a sexta posição da tabela, com 27 pontos. Se tivesse vencido nesta rodada, a equipe poderia chegar aos 30 e empatar com o Arsenal, que ainda jogará neste domingo. Com a vitória, o Sunderland escapou da zona de rebaixamento e deixou o Manchester City, de Robinho, provisoriamente na região da degola.

Malbranque abriu o placar para o Sunderland aos 10 minutos de jogo. Barmby empatou nove minutos depois. Na volta do intervalo, o Hull City não reagiu e deixou os visitantes tomarem conta do jogo. Richardson, Jones e Cisse marcaram e acabaram com as chances do Hull City de encostar nos líderes da competição.

Em Bolton, o time da casa não deu chances ao Portsmouth. Em menos de três minutos de jogo, os anfitriões fizeram 2 a 0 e ameaçaram golear. Taylor anotou aos 50 segundos e Gardner ampliou aos 2 minutos. Mas ainda no primeiro tempo, Peter Crouch, de cabeça, descontou aos 19.

Ao contrário do que se esperava, as equipes arriscaram menos na segunda etapa e não alteraram o placar. O Bolton agora é o novo colocado, com 23 pontos, enquanto o Portsmouth caiu duas posições, para décimo, com os mesmos 23.

Ainda neste sábado, o Blackburn superou o Stoke por 3 a 0, em casa, ao definir o placar ainda no primeiro tempo. McCarthy, duas vezes, e Roberts marcaram os gols da vitória. O triunfo, no entanto, não tirou o Blackburn da zona da degola, com 15 pontos. O Stoke soma 20.

Fora de casa, o Middlesbrough, do brasileiro Afonso Alves, foi derrotado pelo Fulham por 3 a 0. Bullard, Murphy (de pênalti) e Dempsey balançaram as redes e definiram o triunfo dos donos da casa. O Fulham chegou aos 24 pontos e subiu da décima para a oitava posição da tabela.