Prestes a enfrentar a Holanda nas quartas de final da Copa do Mundo, neste sábado, em Salvador, o treinador da Costa Rica tem como referência justamente o futebol holandês. O colombiano Jorge Luis Pinto não esconde sua admiração por Rinus Michels, uma referência no futebol mundial, que montou o “carrossel holandês” na década de 70.

Estudante na cidade alemã de Colônia no início da década de 80, o colombiano lembra bem do contato que teve com o técnico holandês na época. “Naqueles anos, eu passava meus dias assistindo os treinos e conversando com ele. Quando eu não tinha aula na universidade, eu ia até o clube. Vi muitas coisas e aprendi muito”, contou Pinto, citando o período em que Rinus Michels comandou o Colonia, entre 1980 e 1983, conquistando a Copa da Alemanha uma vez.

Considerado o criador do “futebol total”, o técnico holandês ganhou notoriedade nos anos 70 pelo estilo de jogo inovador das equipes que treinava. Seus jogadores atuavam em bloco, no ataque e na defesa, e não guardavam posição fixa.

Os resultados de Rinus Michels mais importantes naquela década foram o título europeu de clubes com o Ajax em 1971, o vice-campeonato da Copa de 1974 com a Holanda e a conquista do Campeonato Espanhol de 1974 com o Barcelona, contando com Johan Cruyff de destaque nas três equipes. Em 1988, já sem o craque, ganhou com seu país a Eurocopa de 1988, com time que tinha Marco Van Basten, Ruud Gullit e Frank Rijkaard. Morreu em 2005, por complicações pós-operatórias.