O Hertha Berlin empatou com o Eintracht Frankfurt por 2 a 2, neste domingo, fora de casa, e ficou em situação delicada no Campeonato Alemão. Isolado na lanterna, o Hertha precisa vencer os últimos três jogos e ainda torcer por derrotas dos rivais para se manter na Primeira Divisão da Bundesliga.

O time da capital soma agora 23 pontos, quatro a menos que o Hannover, penúltimo colocado. Na antepenúltima colocação, que ainda dá chance de evitar a queda, o Freiburg tem 28, mesma pontuação de Bochum e Nuremberg, ambos fora da zona de rebaixamento.

Para escapar da queda, o Hertha precisará de tropeços seguidos de pelo menos três destes quatro times nas últimas rodadas. E ainda terá que vencer suas partidas. O problema é que enfrentará três pedreiras nas rodadas restantes. Terá pela frente o Schalke e o líder Bayern de Munique, que brigam diretamente pelo título, e ainda o Bayer Leverkusen, que busca vaga na Liga dos Campeões.

Ciente dessas dificuldades, o Hertha tomou a iniciativa neste domingo e saiu na frente do Eintracht Frankfurt aos 17 minutos de jogo, com gol de Kacar. Mas os donos da casa chegaram ao empate com Korkmaz, 20 minutos depois.

Antes do intervalo, porém, o brasileiro Raffael tratou de deixar o Hertha novamente na frente. Mas o Eintracht voltou a igualar o marcador no segundo tempo. Russ anotou o segundo dos anfitriões aos 17 minutos e selou o empate.

Ainda neste domingo, o Borussia Dortmund empatou com o Hoffenheim por 1 a 1, em casa, perdeu a chance de subir para a terceira colocação da tabela. Em quinto lugar, o time soma agora 53 pontos, um a menos que o Bayer Leverkusen e o Werder Bremen. Nelson Valdez e Hummels, contra, marcaram os gols do confronto.