enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Há 30 anos, o Couto recebia jogo histórico no Paraná

  • Por Ricardo Brejinski

Há 30 anos, o Couto Pereira recebia o maior público da história do futebol paranaense. No dia 15 de maio de 1983, Atlético e Flamengo se enfrentaram pelo Campeonato Brasileiro e levaram nada menos do que 65.493 pessoas ao estádio do Coritiba.

As duas equipes disputavam uma vaga na grande final do Brasileirão e era a primeira vez que o Furacão ia tão longe no torneio. Além disso, o Flamengo era o atual campeão brasileiro e um ano antes havia conquistado o Mundial de Clubes.

Na época, o rubro-negro carioca dominava o futebol nacional. Comparando, era uma espécie de Barcelona dos anos 1980, pela quantidade de craques que tinha na equipe e pelas multidões que arrastava aos estádios. Tudo isso, aliado a uma das melhores equipes que o Furacão já montou em sua história, sob o comando da dupla Washington e Assis, serviu de ingrediente para superlotar o Couto Pereira.

Nem os catarinenses ficaram indiferentes ao jogo. Do estado vizinho, onde o Flamengo tem tradicionalmente uma grande torcida, vieram imensas caravanas de ônibus para ver Zico, Júnior, Adílio e companhia jogar.

Do lado do Atlético, a comoção também era forte. O fato de o time ter perdido o primeiro jogo da semifinal, no Maracanã, por 3 x 0, o que obrigava o Furacão a repetir o placar em Curitiba, não desanimou os rubro-negros. Tanto que duas horas antes do início da partida -marcada para as 17h – não cabia mais ninguém nas arquibancadas do Couto Pereira.

O mar de gente surpreendeu até os jogadores. “Esperávamos o Couto Pereira lotado, mas não da forma que foi. Era impressionante”, relembrou o ex-meio-campo Assis, que, só de tocar no assunto novamente, disse ter ficado arrepiado. “Me arrepio. Aquilo estava fervendo, era uma emoção muito grande. A torcida do Atlético é muito empolgante. Muitas vezes ganhamos jogos com o apoio dela, porque contagia o atleta”, afirmou.

Com a bola rolando, o Furacão encurralou o Flamengo e fechou o primeiro tempo vencendo por 2 x 0, com dois gols de Washington. Bastava apenas mais um gol. Porém,… “Aquela partida foi o jogo da vida do Atlético. Tivemos chances, mas não deu”, lamentou Assis.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

105 Comentários em "Há 30 anos, o Couto recebia jogo histórico no Paraná"


Gerson Ramos
Gerson Ramos
5 anos 8 meses atrás

E geovane, não fale do que você não viu e de onde você não esteve. Eu falo porque estive lá, e tem o vídeo da globo para provar como o estádio estava cheio de Atleticanos. Era jogo do Atlético. Va comentar jogo do seu time corrupto no estado dele.

Matheus tomaz
Matheus tomaz
5 anos 8 meses atrás

sr geovane mirol, se o sr mora 30 anos no mesmo lugar , mostra que o sr e um acomodado,e se torce para um time de outro estado ou lugar onde mora demonstra ser uma pessoa sem endentidade,esta cidade esta crecendo muito sera uma metropoli um dia .t

Gerson Ramos
Gerson Ramos
5 anos 8 meses atrás

corintia o time mais corrupto do Brasil, tem video de sobra na internet para provar. Ei geovane, suma para São Paulo e leve o seu cheiro com você, gambá.

geovane mirol
geovane mirol
5 anos 8 meses atrás

SOU CURITIBANO E MORO NO MESMO BAIRRO A MAIS DE 30 ANOS. E SEI A REALIDADE DO FUTEBOL DO PARANÁ, OU SEJA, NÃO É REALIDADE, E SIM UMA PIADA PARA O BRASIL. FORA DE CURITIBA OS TIMECOS SÃO UNS NADA, ATÉ NO INTERIOR SE TORCE PRA OUTROS

geovane mirol
geovane mirol
5 anos 8 meses atrás

COITADO DO GERSON, UM ILUDIDO MENTIROSO TENTANDO FAZER A PARTE DELE PRA NÃO DEIXAR OS CURITIBANOS LA EM BAIXO EM RELAÇÃO AO FUTEBOL. CARA, TIME DE FUTEBOL GRANDE E COM TORCIDA DE MASSA AKI NO SUL SÓ EM PORTO ALEGRE. NÃO SE ILUDA. EU SOU CURITIBANO

1 2 3 21
wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas