O clima segue tenso no Internacional. Na noite de terça-feira, o time não passou de um empate por 0 a 0 com o Paraná, no Beira-Rio, pela nona rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, e revoltou a torcida, que protestou diante de mais uma atuação apagada. E após o duelo, o técnico Guto Ferreira admitiu o desempenho ruim da sua equipe.

O treinador reconheceu que ainda não conseguiu obter o desempenho desejado do elenco do Inter, mas também saiu em defesa do seu trabalho. Ele lembrou que o time ainda não perdeu sob o seu comando na Série B e está bem próximo da zona de acesso à elite do futebol brasileiro.

“Eu persigo primeiro rendimento, você não tem resultado sem rendimento. O resultado não é o melhor, mas são estes pontos que estão nos deixando a quatro do líder e com a pontuação do quarto colocado”, afirmou o treinador após o terceiro empate consecutivo do Inter na Série B.

A igualdade deixou o Inter com 14 pontos, em sexto lugar, com a mesma pontuação que o quarto colocado Goiás e o quinto Brasil de Pelotas, que levam vantagem nos critérios de desempate na classificação da Série B, liderada pelo Juventude, com 18.

Em busca de uma vaga no G4, o Inter fará um confronto direto com o Brasil de Pelotas no próximo sábado, às 16h30, no Bento de Freitas, pela décima rodada.