O atacante Jofre Guerrón está acertando sua transferência do Atlético para o CSKA Moscou, da Rússia.

Em entrevista a uma rádio do seu país, o equatoriano comentou sobre a transferência para o velho continente. “Gostei da proposta que foi mandada. Meu representante viajou para Moscou para acertar tudo. Agora falta acertar com o Atlético para deixar tudo concretizado. O contrato seria de 3 ou 4 anos”, disse.

O jogador, que foi eleito o melhor da Libertadores em 2008, quando venceu com a LDU, chegou ao Atlético ano passado no período da Copa do Mundo, e foi a contratação mais cara do futebol paranaense. O Furacão adquiriu os direitos do atleta por cerca de 1 milhão de euros junto ao Getafe.

No clube paranaense, Guerrón oscilou boas e más apresentações e não chegou a cair nas graças da torcida. O atleta festeja a chance de novamente atuar no Velho Continente. “Graças a Deus poderei retornar a Europa. Terei a oportunidade de disputar a Liga dos Campeões contra os melhores clubes do mundo”, finalizou.

No entanto, o gerente de futebol do Atlético, Paulo Rink, disse que ao clube não chegou nenhuma proposta pelo equatoriano. “Estranho, porque o Atlético tem que ser consultado. Tem que avisar o Guerrón sobre isso”, disse. “Teremos que receber a proposta e aí iremos analisar para decidirmos se ele será ou não negociado”, concluiu.